Boletim ANPEd - maio de 2019

Clique aqui para acessar o Boletim ANPEd de Maio de 2019.

Prezado associado,

a ANPEd e o FEPAE promovem entre os dias 12 e 14 de junho o I Congresso Nacional de Editores de Periódicos de Educação, em Florianópolis. Leia aqui análise do coordenador do Fórum, José Luís Bizelli, e da vice-presidente Sul da ANPEd, Geovana Lunardi, sobre a importância do encontro para as publicações em nossa área. A Associação também está em fase de intensa produção para a 39ª Reunião Nacional, em outubro na UFF de Niterói - o encontro tem inscrições abertas até 15 de junho para vídeos de pesquisa nas diferentes mostras que compõem o Espaço Cinema. 

Neste Boletim você lê o posicionamento da Associação a cerca de resolução para Formação de Professores e a cobertura de duas importantes audiências públicas que contaram com a participação da ANPEd. Na Câmara dos Deputados em Brasília, o encontro debateu tornar permanente o Fundeb. Já em Porto Alegre, a Associação foi convidada para sessão convocada pelo Ministério Público para discutir os cortes em instituições federais. Diretoria e FORPREd enviaram carta ao MEC com críticas contudantes sobre os inadmissíveis cortes no financiamento da Educação e da pós-graduação, que atingem sobretudo programas notas 3 e 4: 

"Reiteramos, por conseguinte, o repúdio ao conjunto de cortes no investimento em educação no Brasil e o descompromisso do Ministério da Educação com a manutenção da pós-graduação brasileira, reconhecida internacionalmente por ter modelo de excelência. A política de enxugamento atingirá os programas mais frágeis, os estudantes mais pobres e as regiões menos assistidas. Isto revela a face mais cruel das políticas de ajuste econômico em andamento. É urgente mudar os rumos da Educação no Brasil", afirma o documento que você lê aqui.

A ANPEd, que apoiou os intensos e necessários protestos de 15 e 30 de maio, retoma neste boletim o quadro Memória ANPEd, com depoimentos de pesquisadores e pesquisadoras de trajetória singular para os 40 anos da Associação. Relembrando sua atuação nas últimas quatro décadas e o momento atual do país, Acácia Zeneida Kuenzer, professora titular aposentada da UFPR, defende os espaços da Associação como essenciais para enfrentar tal contexto: "Eu me sinto responsável por essa entidade, porque eu participei de momentos importantes de sua consolidação. Isso é mais do que uma honra, é um compromisso. E espero que ela contiue sendo este espaço de debate, de radicalidade na análise crítica da sociedade e principalmente na construção de relações que nos permitam fazer enfrentamentos."

Outro conteúdo especial deste Boletim está uma entrevista com autora de artigo na RBE que traz uma comparação entre a atuação docente no Canadá e as proposições do Escola sem Partido no Brasil. Em entrevista, o editor da Revista Brasileira de Educação, Antonio Amorim (Unicamp), fala sobre a consolidação da publicação para fluxo contínuo, o que tem trazido melhorias como celeridade entre submissão, aprovação e veiculação e, consequentemente, maior impacto das pesquisas nos debates em nossa área.

Leia Também