Reunião de Planejamento da 39ª Reunião Nacional da ANPEd acontece em Niterói

A Diretoria da ANPEd se reuniu com a Comissão Local Organizadora da UFF nesta quarta-feira, dia 6 de fevereiro, em Niterói, para discutir o planejamento e produção da 39ª Reunião Nacional, que será realizada na Universidade Federal Fluminense, entre os dias 20 e 24 de outubro deste ano. No encontro estiveram presentes, além da Diretoria e Comissão Local, representantes de discentes, outras universidades do estado e prefeitura do município de Niterói.

Segunda Secretária da ANPEd, Maria Luiza Süssekind (UNIRIO)

A Segunda Secretária da ANPEd, Maria Luiza Süssekind (UNIRIO), afirma que desde que a ANPEd assumiu, entre suas missões, ser uma reunião nacional itinerante, "a permanência temporária nos locais precisa ser marcada de uma construção, na prática, democrática", neste sentido  a presença de diferentes representantes na reunião fortalece essa decisão.  Maria Luiza acrescenta que a Reunião Nacional da ANPEd evidencia que a defesa da "universidade pública não é apenas um discurso, não é só o tema da nossa reunião. É uma ação que a gente faz em conjunto com a comunidade local, com a instituição que nos recebe e com toda a associação".

Jorge Najjar, coordenador do Programa de Pós-Graduação de Educação da UFF e membro da Comissão Local Organizadora

Assim como a Segunda Secretária, Jorge Najjar, coordenador do Programa de Pós-Graduação de Educação da UFF e membro da Comissão Local Organizadora, considera a presença dessas representações muito importante. Para o coordenador, o envolvimento de discentes, professores, reitoria da UFF e, inclusive, prefeitura da Niterói aumentou desde o início das reuniões de planejamento do evento. E, apesar de desafios estruturais a superar, o professor mostra-se confiante com a produção do encontro.

Pró-Reitora de Graduação da UFF (Prograd), Alexandra Anastácio Monteiro Silva

Para a Pró-Reitora de Graduação da UFF (Prograd), Alexandra Anastácio Monteiro Silva, a reunião foi positiva e que "mesmo com todas as restrições orçamentárias, que todas as universidades estão enfrentando, o maior motor, o melhor combustível que a universidade tem são as pessoas que fazem parte dela". Alexandra considera que o encontro será uma oportunidade de refletir e trabalhar temas e pautas importantes para a própria universidade.

 

Leia Também